fbpx
Hit Enter to search or Esc key to close
booked.net
Blog thumbnail

Dicas pelos passageiros sobre Turquia

Dicas pelos passageiros sobre Turquia

Blog thumbnail Viajaram conosco

Aqui queremos juntar as dicas recebidas de nossos passageiros.

Muito gente tem olhar diferente e enxerga coisa diferente.

Então você pode encontrar aqui as dicas individuais de nossos passageiros sobre Turquia, Istambul, Capadócia e Éfesos.

E ainda sobre outras cidades, pode encontrar bastante informações.

Dica de Casal de São Paulo:

Mesquita Azul, Santa Sofia, Hipódromo, Basílica Cisterna, Museu das artes turcas e islâmicas, Palácio Topkapi com o harém do sultão, mesquita Nova (ver escultura do vendedor de Simit em frente), bazar das especiarias (dica de loja Ucuzcular Baharat).


Turismo na Turquia, O que levar na mala?

Adaptador. O sistema de tomadas da Turquia é padrão europeu. A voltagem elétrica na Turquia é de 220w.

Secador de cabelo: Este é um item comumente disponibilizado pelos hoteis na Turquia. Vale lembrar que os secadores oferecidos na maioria dos hoteis não oferecem regulagem de temperatura, ou potencia. Ao fazer a sua reserva de hospedagem conosco, você receberá a informação das amenidades e facilidades que o seu hotel oferece.

Medicamentos – Não se esqueça de levar na mala, os medicamentos que você utiliza habitualmente ou aqueles são vendidos com a retenção da receita. Alguns princípios ativos são proibidos na Turquia portanto a versão similar de alguns medicamentos pode não estar disponível na Turquia.

Medicamentos para enjoo, má digestão e desconforto estomacal, podem ser encontrados até mesmo em supermercados no Brasil, porém não são comercializados na Turquia ( Epocler, Engov, Sonrisal, sais de fruta etc…).

Produtos específicos para cabelo – Produtos para cabelo afro, crespos e ondulados, não serão facilmente encontrados na Turquia. Se você faz uso diário destes produtos, o mais acertado é inclui-los na sua bagagem.

Creme hidratante – Item fundamental para ser usado principalmente na região da Capadócia onde o clima é mais seco.

Este tipo de cosmético de marcas turcas são encontrados facilmente, mas podem apresentar texturas e formulações diferentes dos produtos comercializados no Brasil.

Em contrapartida, algumas marcas internacionais podem ser adquiridas na Turquia a preços mais acessíveis do que no Brasil. A mesma dica vale para o filtro solar e protetor labial, que também não devem faltar na sua mala.

Roupas e calçados: Independente da época do ano em que você vai visitar a Turquia, você deve levar na mala roupas e calçados confortáveis.


Uma das páginas que eu sigo e compartilho as minhas experiências no facebook é Trip Tips, administrada pela experiente turista Silvana Ticoulat.

Trip Tips já tem o seu site próprio: www.tripstip.com.br

Nesta página você possa encontrar mil dicas, ofertas de viagens, compartilhamento de experiências vividas pelos brasileiros. Silvana tem feito até uma lista e um aplicativo para o usuários do smartphones. Não é só da Turquia, mas sobre mil destinos do mundo, pode encontrar muitas boas indicações e experiências.

Por outro lado, este arquivo dela todo dia cresce naturalmente, porque quem vai viajar faz uma pergunta e um outro dá resposta aumentando as informações aprovadas pelas pessoas reais e ainda tudo está em português.

Eu, pessoalmente, não tenho a condição de viajar para outros destinos do mundo, mas mesmo assim curto as dicas dadas pelos seguidores e ainda posto as respostas sobre pedidos de informações ligadas com a Turquia.

Se quiser seguir a página dela, pode acessar via seguinte link (Basta você ter uma conta no facebook)  : https://www.facebook.com/groups/triptips/

Por outro lado, para quem usa instagram, trip tips agora tem a conta lá também, siga ela lá: triptipsviagens on Instagram.

Confira por favor.

Como é o processo para conseguir um visto de trabalho?

A empresa é a única responsável por dar entrada no visto de trabalho. Sim, é caro, por isso as empresas não gostam de dar o visto ou descontam do salário do funcionário o custo.

Mas tem empresa que fornece o visto de trabalho sim. Não sei dizer qual a diferença de permissão e visto de trabalho. O visto de trabalho concede a residencia. A residencia não concede o visto de trabalho

Cada empresa uma regra! Você precisa conversar com o seu empregador e deixar tudo bem alinhado pra não ter surpresas desagradáveis.

Lembrando que o visto de trabalho só pode ser feito se o ikamet tiver pelo menos de 6 meses de validade ou pode ser feito pelo consulado turco no seu país de origem e você já entra na Turquia com o visto no passaporte.

Estou indo para Turquia em junho. Alguém sabe de uma escola de turco para estrangeiro, com módulos?

Para aulas presenciais em Taksim tem a escola TÖMER.


É difícil conseguir emprego e também morar na Turquia ?
Opções de emprego para estrangeiros são muito limitadas, normalmente se resume a professor de inglês ou vendas internacionais. Se você falar o idioma turco pode conseguir emprego. Eu moro aqui e não falo… por isso ainda não trabalho. Se você souber a língua não será tão difícil mas não pagam bons salários para estrangeiros e a língua é muito difícil morei lá mais de 2 anos.

Vai para europa é muito melhor, eu estou na belgica tem 5 anos, minha vida mudou completamente, e sem falar que la você vai ganhar em euros que vale 8, 43 vezes a mais que a moeda turca,


DICAS:

PALÁCIO DOLMABAHÇE:

O palácio de Dolmabahçe foi construído entre 1843 e 1856 no declínio do império Otomano.  Este opulento palácio parece querer mostrar a  riqueza e poder  do império Otomano mas na  verdade a história era outra.

O povo estava em revolta por uma onda de nacionalismo europeu,  o exército Otomano estava obsoleto e desorganizado e suas finanças descontroladas. O palácio se encontra a margem do estreito de  Bósforo e é imenso.

Possui enormes salões, inúmeros quartos e banhos Turcos. O palácio é divido em duas partes: a oficial e o harém.

Cristais de baccará, quadros de pintores famosos, mobílias super luxuosas, tapetes da famosa cidade de Hereke, cada metro quadrado foi revestido com tudo o que o dinheiro pode comprar de melhor. 

Existe um salão de festa de 2.000 metros quadrados  com um lustre de 4 toneladas e meia presente da Rainha da Inglaterra. Por causa do seu imenso tamanho, o aquecimento deste salão era iniciado 3 dias antes da festa.

Ataturk, o fundador da República Turca, morou neste palácio por 3 meses, vindo a falecer no mesmo. Você poderá visitar o seu quarto particular e seu escritório. Quarto simples, símbolo de um homem que trabalhou e viveu por seu país.

 Lê-se “Dollmabatchi”, e é o mais  decorado e suntuoso palácio de Istambul! Às margens do Bósforo tem um lindo jardim, onde hoje em  dia acontecem elegantes casamentos.

Concluído em 1856, durante 17 anos para ser  melhor, mais confortável e sofisticado que o Topkapi,  e foi inspirado em  palácios europeus, como o de Versailles, Buckingham… e sua extravagância quase  quebrou o país. É um majestoso palácio com 245 apartamentos, 17 mil m2,  47  salões, e sua construção respeitando princípios de simetria.

No Salão azul, era  o salão principal do Harém, onde a válide (mãe do sultão), recebia as esposas e  favoritas em dias de festas. Conta com salas super decoradas, repletas de  objetos de arte, lustres maravilhosos, escada de cristais Baccarat, porcelanas  de Sévres, alabastro do Egito, mármores das ilhas do Mar de Mármara, pinturas  nos tetos feitas por artistas italianos e franceses, veludos, 14 toneladas de  ouro, 40 toneladas de prata, o lustre mais pesado do mundo, com tapetes e mais  tapetes…  (4500m2 de tapetes!) e a vista espetacular do  Bósforo.

Aqui viveram sultões e o último califa, e depois com a  queda do Império Otomano, o palácio ficou vazio durante 32 anos, tornou-se a  residência de Ataturk, fundador da República Turca, (que aboliu a poligamia e  modernizou a Turquia, considerado um verdadeiro “herói”, ou melhor “pai dos  turcos”) , onde recebia estrangeiros e missões diplomáticas.

Dica: o Palacio tem passeios guiados pelos seus guias oficiais só que os grupos que vêm com seu guia particular não espera o tempo da saída de cada destes grupos formados pelas guardas do museu.

PALACIO TOPKAPI:

foi o primeiro palácio dos Sultões Otomanos, funcionando como residência e centro administrativo para o império Otomano, um dos maiores do mundo, por 300 anos.Construído após a conquista de Istambul pelos turcos entre 1475 e 1478 a pedido do sultão Fatih Mehmet.

Lá viviam 5 mil membros da família real, soldados, e criados. Sua planta arquitetônica era dividida em 2 partes, onde viviam a dinastia (enderum) e onde viviam empregados civis (birun).

Nessa época, o Harém era a parte mais importante da vida familiar do sultão onde, juntamente com as suas quatro esposas oficiais, com crianças, viviam também um considerável número de concubinas. (Na época do sultão Murat III, havia cerca de 1200 mulheres no harem! )

A vida para elas era muito competitiva, com o sonho de ser eleita “a favorita”, dar um filho ao sultão, que seria o próximo candidato ao trono. Com tanta ambição, era uma rede de intrigas, fofocas, e quem as preparava e controlava era a “válide” (poderosa mãe do sultão). É possível visitar os pátios, piscina, banhos turcos, corredores com os azulejos decorados, esplêndidas salas.

No outro prédio  o Tesouro Imperial impressiona com as jóias mais poderosas do planeta! O diamante Kasikci, de 86 quilates e 40 brilhantes á sua volta (conta a lenda que um fazedor de colheres encontrou o diamante e o vendeu por uma ninharia ao sultão) ou os seus tronos de ouro decorados com jóias, pedras preciosas, centenas de pérolas, milhares de rubis, esmeraldas, diamantes…. adagas, espadas com pedras e mais pedras incrustadas… 

As roupas dos sultões bordadas, o luxo em que viviam….Nas suas cozinhas expõe-se uma enorme coleção de porcelana chinesa. Em outra sala também há relíquias como ossos de São João Batista, relíquias de Maomé, etc. 

Aprecie o Jardim das Tulipas, super floridos especialmente na primavera (Abril e Maio) Imperdível! (İbrahim Paşa Oteli, Binbirdirek Mh., Terzihane Sk 7)

SANTA SOFIA  ( Hagia Sofya) :

Hagia Sofia  ou Santa Sofia é um espetáculo; grandiosa, imponente, maravilhosa! A igreja de Santa Sofia foi reconstruída por Justiniano no século VI e foi o centro do Império Bizantino durante quase mil anos. Considerada uma obra universal pela técnica que possui, as dimensões da sua arquitetura e os seus mosaicos dourados.

Cobre uma superfície de 1,6 hectares. Mais de 10.000 operários trabalharam na construção, 100 mestres durante 5 anos.  O mármore do interior  foi trazido da Anatólia e as 4 colunas verdes da nave foram trazidas de Éfeso, e os azulejos e tijolos trazidos de Rhodes. Os terremotos danificaram as suas abóbodas, os cruzados saquearam os seus tesouros e no fim do Império Bizantino foi abandonada por falta de dinheiro.

Quando os turcos conquistaram Constantinopla a igreja foi transformada numa Mesquita. Desde 1934 é um museu, maravilhoso e imperdível!

 MESQUITA AZUL(SULTAN AHMET) :

 A Mesquita Azul foi construída entre 1600 e 1616 a pedido do sultão Ahmet, e é a mais espetacular e linda mesquita de Istambul, com azulejos de Iznik (antiga Nicéa, dois cocílios ecumênicos do Cristianismo) e com 6 minaretes. 

Segundo a lenda, o sultão ao pedir ao arquiteto um minarete de “ouro”, o arquiteto entendeu “seis” (o som em turco é similar) e por esta razão é a única mesquita  a ter 6 minaretes, ao invés de ouro, que custaria muito caro…

Sua proximidade com o Palácio Topkapi, foi proposital. Com 21.043 peças de azulejos de Izmir, mede 51m x 51m, tem enorme tapete,  onde não é permitido entrar de sapatos.

( Na entrada é preciso tirá-los, e há saquinhos para guardá-los, recomenda-se levar meias, ou se preferir entre  descalço) Também recomenda-se levar lenços ou pashiminas para colocar na cabeça, cobrir ombros e pernas, se estiver de bermuda.

CHORA MUSEUM  (Kariye Camii ):  

A famosa igreja de San Salvador in Chora (Kariye Çıkmazı), é uma verdadeira jóia! Depois da Haghia Sofia é o mais importante exemplo de arte Bizantina em Istambul, do séc. XI , que permaneceu fechada após a conquista turca, sendo transformada em mesquita em 1511, quando acrescentaram um minarete.

Desde 1948 é um museu muito importante,  onde as pinturas chegam a ter um efeito tridimensional. Os mosaicos bizantinos nas paredes e nos tetos mostram a vida de Nossa Senhora, a vida de Cristo, sob visão da igreja Ortodoxa.

PALACIO Beylerbeyi :  

 Conhecido como palácio de verão, fica no lado asiático. Depois do primeiro palácio de madeira ter sido destruído num incêndio, foi reconstruído  em estilo barroco em 1865 no último período Otomano, por ordem do sultão Abdulalaziz, para receber convidados ilustres como a mulher de Napoleão, rei Eduardo VII, etc..

Ricamente decorado, chama a atenção para a sala com lustres e candelabros de cristais da Boehmia, enorme piscina, como fonte no centro, tapetes ao redor, decoração é bem menor que o Dolmanbahce, oferece vistas para as águas azuis do Bósforo, e antigamente abrigava um mini zoológico com animais exóticos, até tigre de Bengala. Visitas só em grupos limitados e ao entrar é preciso  colocar protetores plásticos sobre os sapatos.

CISTERNA YEREBATAN:   

A Cisterna de Yerebatan, a Cisterna da Basílica, pela  sua  enorme área,  também chamada de “Palácio Submerso” é  uma beleza, a maior de  todas Cisternas construídas, com capacidade de armazenar 100.000 litros de água,  durante o período bizantino em Istambul. 

Foi construída por Justiniano I, em 532, após a Revolta de  Nika, como uma ampliação da cisterna anterior, construída por Constantino. No período otomano, a água era utilizada pelo Palácio de Topkapi e seus jardins.

Como não havia nascentes dentro das muralhas bizantinas, a  Cisterna Yerebatan foi construída em 532,  para armazenar água e protegê-la de  guerras, e envenenamentos, e suprir o fornecimento da cidade, com água  proveniente de rios e nascentes da floresta de Belgrado, a 25Km a norte de  Istambul.

Construída com material “reciclado”, isto é; colunas romanas  provenientes de diferentes estruturas, foram utilizadas colunas com 70 m, 140 m  de comprimento, somando 336 colunas, dispostas  a cada 4 m.

Ao fundo, outro  exemplo de “reaproveitamento”; é possível ver 2 pedras enormes, que são cabeças  de Medusa, usadas como base de colunas menores.
Utilizada até o sec. XVI, com pouco uso durante o período  Otomano, e depois restaurada no séc. XIX., foi aberta à visitação em 1987.

Sob o chão do bairro de Sultanahmet, no coração de Istambul, Turquia, ficam galerias e túneis que serviram para armazenar a água da cidade na época do Império Bizantino e que se tornaram uma das atrações mais conhecidas da cidade. Construída por Justiniano em 532, aCisterna da Basílica ainda permanece praticamente intacta.

Em um ambiente sombrio e úmido, ao som de música turca e gotas caindo do teto, a cisterna é um ótimo refresco para o calorão do verão turco.

Com 140m de comprimento e 70m de largura, o lugar impressiona, mas não está mais todo tomado pela água. Hoje existem passarelas que permitem que os visitantes caminhem entre as colunas de mármore que chegaram a abrigar mais de 100 milhões de litros de água, transportados por 20Km de aquedutos de um reservatório próximo ao Mar Negro.

Interessante é que aos pés de algumas colunas existem esculturas de estilo romano, como as famosas Medusas, que fizeram o local dar origem a diversas lendas. Uma delas é a de que essas mulheres com cobras nas cabeças estariam ali para espantar os monstros do subterrâneo.

A necessidade da criação de um espaço tão grandioso como esse tem explicação. A Cisterna da Basílica surgiu para abastecer os palácios imperiais bizantinos e outros prédios da região. Foi também utilizada pelos Otomanos depois que esses conquistaram Constantinopla (atual Istambul), em 1453.
Mas depois de construírem um sistema próprio de água corrente, os Otomanos abriram mão da água estacada em uma cisterna e ela foi esquecida. Só mais de 100 anos depois, com a chegada de um viajante holandês para investigar o que havia sobrado da arte bizantina, é que a Cisterna da Basílica foi redescoberta e apresentada ao Ocidente.

CISTERNA DA BASÍLICA
 
MELHORES HOTEIS  EM ISTAMBUL:

Four Seasons at the Bosphorus – o melhor segundo revistas internacionais. Fica à beira do Bósforo.
Ibrahim Pasha , ao lado da Mesquita azul…puro charme de boutique hotel !!!
Çiragan Palace Kempinski – o mais tradicional, um antigo palácio na beira do Bósforo.

Four Seasons Sultanahmet – Fica na cidade antiga.
Swissotel – Membro do Leading Hotels of the World,muito bom. Com vista para o Bósforo.

Park Hyatt – ótimo custo benefício, boa localização, perto da praça Taksim.
Pera Palace Hotel – em Beyouglu, recomendo visitar, abriu em 1895, é um lugar histórico, que hospedava os passageiros do Orient Express, e celebridades como Greta Garbo, Agatha Christie, Hemingway, Hitchcock, e outros. Tome um elegante chá das cinco!

Doubletree by Hilton Old Town – para quem quer ficar na cidade antiga, confortável, excelente custo-benefício. Na Ordu Caddesi, com linha de tram em frente, e bem perto do Gran Bazaar.

Ansen Suites, localizado na regiao central,Pera, decoracao moderninha com toques historicos.

RESTAURANTES:

  • BORSA Tradicional, Best Kebab Tel:90212 2324201  www.borsarestaurants.com Harbiye –Istambul Lutti Kirdar Convention
  • KORFEZ (seafood- Turkish) Kanlica/ Kortez Caddesi, 78 Tel 90216 413-4314  www.korfez.com
  • LOKANTA: (Turkish) Beyoglu/ Mesruhiyet Caddesi 149/1 Tel 90212 245-6070 www.lokantadaneve.com
  • FERIYE LOKANTASI (Turco /otomano) Ortakoy/ Ciragan Caddesi, 124 Tel 90212 227-2216 www.feriye.com
  • PAPER MOON (Italiano badalado) Etiler/ Akmerkez Residence Nispetiye Caddesi Tel 90212 282-1616
  • POSEIDON (seafood, vista espetacular do Bosphorus) Bebek/ Ceudetpasa Caddesi 58 A Tel 90212 263-3823  www.poseidonbistro.com
  • SPICE MARKET (Asiático, mesmo de NY) Besiktas /W Hotel Akaretler Suleyman Seba Caddesi, 22 Tel 90212 381-2121
  • YESIL EV (Turkish Internacional) Sultanahmet/ Yesil EV Hotel Kabasakal Caddesi , 5 Tel 90212 517-6785  www.istambulyesilev.com
  • ZUMA (japonês, mesmo de Londres) Ortakoy/ Radisson SAS Bosphorus Salhane Sok 7 Tel90212 236-2296  www.zumarestaurant.com
  • HAKKASAN (Mesmo de Londres e Miami) Terás Fllor/ Kanyon/Buyukdere Levent Caddesi, 185 Tel 90212 319-8800
  • KORDON (antigo armazém modernizado) Kuleli CAD 51, Cengelkoy, Lado Asiático Tel 0216 321-0473 Peixes frescos, vista das praias de Istambul.
  • SERRALHO KONYALI (Fica dentro do Palácio Topkapi, vista para o Bósphorus) Tel 90212 513-969
  • Istambul – Stories Apart Kuloglu – Kuloglu Mahallesi, Ayhan Isik Sokagi No: 30, Beyoglu 34435 – Istanbul – Vale muito a pena bem localizado na agitação de Istambul!

  • RESTAURANTE para almoço – fim de tarde após visita nas Mesquitas -Não deixe de conhecer o Bar 360 e Bar Reina (jantar com balada particularmente nota 100), fazer reservas…
  • SEVEN HILLS BALIKÇISI (Terraço com vista área inesquecivel das Mesquita de frente
  • Ottoman Cuisine in the Tugra Restaurant, Ciragan Palace. 
  • Um jantar ultra-chic e romântico no Tugra, no palácio do Çiragan Hotel. Reserve a mesa mais disputada do restaurante, na varanda, de frente para o Bósforo. Depois do jantar, desça as escadas de cristal, sob o maior lustre de murano do mundo, saia pelas escadarias da frente e passeie pelos jardins do hotel, ao longo das margens do estreito.
  • Ulus 29 – comida turca e internacional. O lugar tem uma vista que vale muito a pena! Tem também uma boate dentro do restaurante que é legal sexta e sábado.
  • Sunset – p/ jantar sushi e comida internacional. Vista maravilhosa, mas igual a do Ullus 29, então escolha um dos dois para ir.Zuma – igual o de Londres, super badalado e a comida oriental é otima!
  • Reina: um lugar com vários restaurantes dentro. Jantar no Kosebasi ou Park Samdam para experimentar comida turca. Blue Topaz que também é bom e Bice para comida italiana.
  • Lucca – é legal para almoçar, jantar ou happy hour. Gostoso para comer alguma coisa ou tomar um drink. Fica no bairro de Bebek, maisafastado, que é lugar gostoso de passear, mais no verão do que no inverno.
  • Vogue – para almoçar ou jantar. Tem uma vista linda e a comida também é boa!

PASSEIOS :

PALÁCIO TOPKAPI É Possível conhecer todos os cômodos do Palácio, das salas do tesouro, onde estão as espadas e Jóias do antigo Sultão, até o harém, com a salas de banho e o pátio das concubinas…. Aberto de quarta a segunda, das 9:30 às 17 horas.

SANTA SOFIA Erguida na época bizantina, seu interior impressiona com a cúpula de 56 metros de altura. No início do Século XX, deixou de ser uma mesquita para se tornar um museu. Aberta de terça a domingo, das 9:00 às 16:40.
MESQUITA AZUL  Leva esse nome graças a arquitetura de seu interior, coberta por peças  de cerâmica azul. A entrada é gratuita diariamente, mas não mulçumanos são proibidos de entrar durante as cinco orações diárias.

CISTERNA DA BASÍLICA  Esta enorme caixa dágua subterrânea é suntuosa por sua capacidade para 80 mil m3 de água e pelas mais de 300 colunas que a sustentam. Aberta diariamente , das 9:00 às 17:30 Hs.
TORRE GÁLATA Do topo, é Possível ter uma visão panorâmica de Istambul e ainda disfrutar de um restaurante e de apresentações de dança realizadas frequentemente.

PALÁCIO DOLMABAHÇE A estrutura do palácio tem traços europeus, centenas d equartos, grandes salões, galerias e escadarias. Fora os espaços para banhos turcos e a visita ao antigo harém do sultão. Aberto às terças, quartas, sextas e sábados, domingos, das 9:00 às 15 horas.

IGREJA DE SÃO SALVADOR EM CHORA Os mosaicos dentro da igreja retratam a vida de Cristo, segundo a bíblia.. Leve um binóculo para conseguir enxergar os detalhes. Aberta diariamente, exceto às quartas ,das 9:00 às 14 horas.

MUSEU DAS CIVILIZAÇÕES DA ANATÓLIA  Ocupando dois edifícios otomanos restaurados, exibe uma coleção de esculturas, relevos organizados em ordem cronológica. Aberto todos os dias das 9:00 às 17 horas. Este está em Ancara.

DIKILITAS Obelisco com mais de 3500 anos, levado do Egito para Istambul pelo Imperador Bizantino Teodósio I, fica em frente à Mesquita Azul.

Passeio de barco pelo Bósphorus , imperdível, pergunte no seu hotel!

Não deixe de visitar o Ciragan Palace, ficamos neste hotel maravilhoso, o jantar no Palácio é algo inesquecível!

algo cool, nao deixe de visitar Istambul contemporanea, bairro de Nisantasi e Sisli, atualmente com excelentes restaurantes, muitos dos novos hoteis boutiques estao agora sempre construidos e alguns ja funcionando como o The Sofa, shoppings, e todas as lojas de grifes, alem de algumas boutiques mais descoladas, nao deixe de ir.

E se tiver tempo visite o Moasteiro Khreotostes Krohas, um dos maiores acervos e tambem o Museu de Arte Islamica.

Passear a pe pelo bairro Bebek , o mais cool da cidade !

COMPRAS:

um local q gostamos foi Montür is veja o site www.monturis.com.tr perto do Gran Bazar
Va na parte de prataria do grand bazaar tem coisas maravilhosas de prata de lei feitas a mao ….
tem coisas com pedras lindas. Eles tem vários truques para tapear turistas com as pedras. Para a pedra parecer de melhor qualidade alguns pintam as pedras com caneta.

No Arasta Bazar, que é o lugar que mais gostei de comprar, porque é ao ar livre em antigos estábulos (do lado da Mesquita azul) um vendedor me aconselhou a lavar tudo de pedra que eu comprasse antes de usar para evitar manchar a roupa.

Se a pedra for bruta, pode ser de resina, alguns vendedores passam o isqueiro para provar que não é resina . Mesmo assim, é tudo tão barato que vale a pena arriscar.  http:// www.arastabazaar.com/

Tem dicas de compras no doc Istambul e tem dicas também no Guia ISTAMBUL: UMA CIDADE FASCINANTE de Dalal Achcar e Katia Mindlin Leite Barbosa que te aconselho a comprar.

Além do Arasta Bazar, tem as dicas abaixo do doc: Compras Nisantasi – o bairro das grifes. Loja Beymen , a loja de departamentos mais chique de Istambul.

Melhor loja de jóias p/ comprar pingente e pulseiras de olho turco: Kafkas. Passando a Beymen um pouco mais p/ cima do lado direito. Akaretler – uma rua legal de passear com varias lojas e restaurantes.

Tem tambem o W Hotel e o restaurante W Kitchen e’ super gostoso. Istinye Park – shopping novo com todas as marcas internacionais. Almoçar no Masa! Kanyon – shopping com uma arquitetura linda. Tem Harvey Nichols! Grand Bazar – jóias, pashminas, tapetes, cerâmicas, prata, artigos de couro. Pechinche o preço. Para jóias recomendo o EDEL.

Fica na rua principal do bazar. Para pashminas, vá à CASHMEREHOUSE, e pechinche até conseguir 100eu por uma shatoosh, ou 50eu por uma shatoosh com cashmere. Fica na rua Keseciler Caddesi, dentro do bazar, paralelaà rua principal. NÃO vá ao Ottomano para pashminas, ele é careiro!

Nao deixe de ir na Rua Istiklal. é rua de pedestres e tem muitas lojas.

O marido da prima da minha mãe tem loja de jóias no Gran Bazar, inclusive apareceu naquela entrevista do Fantástico sobre a Turquia. Ela tem face e fala português, inclusive é guia turistica de lá! Se quiser encontra ela e pode add Celia Aslan. Número 34.

Tem essa dica da Jordana Gheler : a loja do joalheiro turco mais renomado, Sevan Bicakci é exatamente ao lado do W Hotel.

Eu comprei muita coisa p casa… A Vakko home, em Niçantasi tem coisas lindas, nível trousseau a preços inacreditáveis! Comprei uma toalha de linho bordada por R$300! Almofadas maravilhosas a 100…. No bazar das especiarias, comprei um conjunto de copos de chá típicos por 60…da vontade de trazer tudo!

TULIP Procure  o vendedor  Serkan, dizer que é amiga das brasileiras que compraram milhares de Chatouches, no andar de cima ele tem uma cristaleira cheia deles,inclusive umas bordadas maravilhosas, mais caras) dizer para fazer o mesmo preço de 130/150 euros que ele fez para nosso grupo em abril. Fica no Bazaar Egípcio na loja numero 28.

dentro do Grand Bazaar, na avenida principal, uma joalheira chamada Edel. Há 2 lojas dentro do Grand Bazaar, procure o proprietário, Adem, ele é ótimo!

Atenta ao que compra nas joalherias e qt paga! vai sò se conhecer pedras e ouro, se nao for comprar sò ouro o Bazar Egipcio ou das Especiarias é menor do que o Gran Bazar, que tem que visitar, mas vc compra as mesmas coisas por preços mais em conta.

O Adem, da Edel, é de confiança. Pechinchar faz parte da cultura. Se quiser falar que fui eu que indiquei, ele me conhece bem. No Spice Market não tem jóias, para isso é melhor o Grand Bazaar mesmo.
Vá para número 56, Saray, ao lado direita da avenida de joalherias do Grande bazar. 

Istinye Park – shopping novo com todas as marcas internacionais.
 Kanyon – shopping com uma arquitetura linda. Tem Harvey Nichols!
Grand Bazar – jóias, pashminas, tapetes, cerâmicas, prata, artigos de couro. Pechinche o preço. Para jóias recomendo o EDEL. Fica na rua principal do bazar.
Para pashminas, vá à CASHMERE HOUSE, e pechinche até conseguir E$ 100 por uma shatoosh, ou E$ 50 por umashatoosh com cashmere. Fica na rua Keseciler Caddesi, dentro do bazar, paralela à rua principal.

JOIAS:

eu comprei na Kafta, uma joalheria que tem no shopping (mas comprei no grand bazzar)todas as joias tem garantia.A guia que estava me acompanhando que me levou nesta joalheria.

veja as joalherias grandes, esta Kafta,ja tinha sido indicada por uma amiga joalheira do brasil….eles cobram mais barato pq o preço da cravação na turquia eh 1/10 do preço em dolar cobrado aqui ou nos eua. Eles exportam muito e adoram negociar. Tudo o que eu comprei no Grand Baazar teve garantia.

Tem tb uma rua de pedestre que tem fabricas de joias na entrada do Grand Baazar, para ouro e pedras. Prata la dentro  tem..prepare-se eh o maximo!!!melhor que na india!!!

na entrada de Nurosmaniye tem uma rua em frente que tem varias joalherias. Uma delas chama-se Cemil Elmas e eu só recomendo essa. O certificado deles é emitido pelo Instituto de Gemologia da Belgica e nao escrito a mao como todos os de dentro do Grand Bazaar. Como guia E consumidora, so recomendo la!

Eu comprei coisas lindas no Arrasta Bazar e no Bazar de Especiarias, mas com preço de semi jóia, bem barato, pedras de menor qualidade. Paguei o preço que pagaria mesmo se tudo fosse falso e só bonito (nada acima de 200 euros).

 Para peças tipo jóias de primeira linha seguiria as joalherias com certificado. Os próprios vendedores nos bazares me contaram vários truques que usam para fazer uma jóia de pedra de menor qualidade parecer melhor, pintam com caneta as falhas podem usar resina em vez de pedra bruta (vários vendedores se oferecem para passar o isqueiro na pedra para provar que a deles é real etc.

Mesmo assim, todas as que comprei se provaram boas como semi-joias e muito mais baratas do que pagaria aqui.

comprei um brinco maravilhoso numa loja/fabrica chamada FIBULA, eles tem uma oficina imensa. O certificado não eh escrito a mão e quando cheguei no Brasil levei a peça e o certificado para um joalheiro de confiança que confirmou o tamanho, quilates e cor dos brilhantes. Pode pechinchar que vc consegue ate 30% a menos do preço…

Dentro do Gran Baazar tem tb a Kafkas, excelente joalheria, recomendado por uma amiga joalheira que revende peças deles aqui no brasil.

A Fibula fica na rua de pedestres, na entrada do Grand Baazar. Veja o site. nuruosmanyie cad. n:41 cagaloglu istanbul +90 212 5209505 vendedor:mustafa kartaler www.fibuladiamond.

 O importante eh que o certificado seja de algum intitudo reconhecido como o da Beligica ou o americano e nao seja escrito a mao, ja que nesse eles escrevem o que quizerem….acho que as joalherias de fora sao mais aptas a isso pois a maioria tem o proprio atelie!

a Kafka, eh uma empresa séria. Eles tem loja no Shopping Istinye Park e exportam para varios paises, inclusive usa.

KAFKAS-joalheria kalpakçilarbasi cad. n:4-6 34116 kapaliçarsi-istanbul (0212) 5220326 www.kafkasjewellery.

a que você recomendou é esta? e vc quiser joias de peso vai encontrar!!

joias de prata no grand baazar (tem um corredor que só tem pratas…ate bolsas de prata).
na Kafka tem joias maravilhosas!!

Comprei um brinco maravilhoso e como ainda ia ficar andando o dia todo e não queria carregar comigo.o gerente mandou entregar no hotel.adorei!!vc pode confiar.

O QUE VESTIR:

Tinha gente usando regata e saia até mini, mas eu preferi não usar. Para entrar na Mesquita cubra a cabeça e vá fora dos horários de oração. Pode entrar em qualquer mesquita (eu sempre perguntava antes, se tudo bem, mas sempre fui bem recbida mesmo nas menos turísticas).

Eu, não sei se é obrigatório, mas eu cobri sempre os ombros dentro das mesquitas e não ia de calça muito justa e com pernas cobertas. Istambul é uma cidade mais cosmopolita e o próprio governo estimula que as mulheres não usem lenço, pelo que soube (me corrijam se estiver errada), mas tem muitos muçulmanos e para eles os ombros de fora são considerados mais sensuais do que os nossos costumes.

Para badalos e fora do circuito religioso pode ir tranquila de ombros de fora o pior que pode te acontecer é ser muuuito paquerada, pode levar um lenço, just in case. Se lembrar de mais alguma coisa te falo. Os turcos são muito simpáticos, paqueram muito mas com humor, não tive grandes medos e preocupações tomando esses cuidados.

Achei bem tranquilo de andar com jóias, relógio, enfim, essas coisas q aqui temos medo de usar até em restaurantes….Quanto as roupas, me senti mal em usar ombros de fora e shorts então…nem pensar!

Parece q querem te “devorar” c os olhos…e eu estava com meu marido do meu lado…voltei ao hotel p colocar calça! Nas mesquitas nada de ombros de fora e nada acima dos joelhos…

quando foi achei melhor usar calça (leve!) e uma camiseta, não regata; porque acho que incomoda os homens turcos ficarem te olhando com um certo ar de desprezo e desejo. Toda cidade grande, como Istambul, tem algumas medidas de segurança como “enquanto tiver gente na rua, tudo bem, mas não ande por lugares desertos.

 Eu fui no alto verão, e usei ombros de fora, e saia acima dos joelhos, mas não super mini em Istambul. É uma cidade bastante cosmopolita, não há problemas em relação a isto, apenas não são permitidos estes trajes para entrar nas mesquitas, como não seria para entrar em qualquer igreja em Roma.

Quanto a jóias, também não há problemas, é muuuito mais seguro do que São Paulo, por exemplo. Mas é sempre bom ser cuidadoso, né!
 Como disseram acima, ter uma pashmina sempre à mão é uma boa idéia, para qualquer emergência, mas eu não precisei, a não ser nas mesquitas.

Oi eu acho sempre simpático não abusar de mini saia ou coisas muito decotadas em países mulsumanos, porém a Turquia é uma cidade cosmopolita e a noite nos restaurantes badalados a moçada anda como em todos os lugares do mundo! Se vc estiver acompanhada de um homem sempre dá para abusar mais…

Andar sempre com um lenço na bolsa é ótimo, porque não ocupa espaço e quebra um galho nas mesquitas…

Quanto a jóias andei com meu relógio, aliança de brilhante e brincos o tempo todo, mas sempre estava acompanhada do meu marido e do guia, caso vc esteja sozinha acho que vc não deveria se arriscar… no joelho não tem problema não, eu levei, usei, não me senti nem um pouco mal, olhada ou julgada. Fazia um meeeeeega calor!

Apenas nas mesquitas eu me cobria, é uma questão de respeito, né?! Quanto à jóias, em países muçulmanos, a punição para crimes é bem mais severa que a nossa, então, pode levar alguma coisa, desde que não exagere… Aliás, se quiser comprar jóias, vá à loja Edel, no Gran Bazaar, e fale com o Adam, que é o dono. A loja fica na rua principal do Bazzar, onde ficam as joalheiras.

Super tranquilo. A Turquia êh o menos fechado dos países mulculmanos, estão muito acostumados com turistas. Porém para entrar nas mesquitas vc terá que se cobrir, por isso tenha sempre uma pashmina com vc.

Se estiver de saia curta ou bermuda terá que amarrar em xale na cintura. As mesquitas tem uns panos que emprestam para os turistas desavisados, mas êh melhor o seu, né???

Compra o livro que a minha mae escreveu – Istanbul, guia de uma cidade fascinante, por Katia Mindlin Leite Barbosa e Dalal Achcar. Tem dois volumes, um com a parte historica e cultural, e o outro com dicas de lojas, retaurantes e servicos em geral.

 W Kitchen e’ super gostoso. Istinye Park – shopping novo com todas as marcas internacionais. Almoçar no Masa! Kanyon – shopping com uma arquitetura linda. Tem Harvey Nichols! Grand Bazar – jóias, pashminas, tapetes, cerâmicas, prata, artigos de couro.

Pechinche o preço. Para jóias recomendo o EDEL. Fica na rua principal do bazar. Para pashminas, vá à ottoamano, e pechinche até conseguir 100eu por uma shatoosh, ou 50eu por umashatoosh com cashmere. Fica na rua Keseciler Caddesi, dentro do bazar, paralelaà rua principal.

DICAS ÚTEIS

Como economizar no transporte público com o Istanbulkart (http://essemundoenosso.com.br/2012/10/06/istanbulkart-o-cartao-de-transporte-de-istambul/)

INFORMAÇÕES PRÁTICAS

Turquia informações gerais aos viajantes:

IDIOMA:

A língua oficial na Turquia é o turco. O idioma inglês é falado pelos comerciantes nas áreas turísticas e usado nas placas de sinalização e orientação ao turista.

POPULAÇÃO:

A Turquia possui aproximadamente 85 milhões habitantes.

CAPITAL DA TURQUIA:

Ancara é a capital do país e a segunda cidade mais populosa, com 4.338,620 habitantes (dados atualizados em 2011).

PRINCIPAIS CIDADES DA TURQUIA:

Istambul, Ancara, Izmir, Izmit, Kayseri, Konya, Bursa, Adana, Gaziantep, Antália.

MOEDA DA TURQUIA:

A moeda do país é a Lira Turca (TL). Euros e dólares são normalmente aceitos. É muito fácil e seguro fazer o câmbio da moeda em casas especializadas, bancos ou correios.

FUSO HORÁRIO NA TURQUIA

Em todo o seu território a Turquia possui o mesmo fuso horário: (GMT+2) verão (GMT+3)

COMPANHIA AÉREA NACIONAL DA TURQUIA:

Turkish AirLines (TK)

VISTO DE ENTRADA NA TURQUIA:

Brasileiros não precisam de visto de entrada para a Turquia. O passaporte deve ter válidade mínima de 6 meses e uma página em branco para o carimbo de entrada. O prazo de permanência é de até 90 dias.

VACINAS:

Nenhuma vacina é obrigatória para entrada no país. Recomendamos aos viajantes estarem com as vacinas em dia.

TURQUIA INFORMAÇÕES SOBRE SEGURANÇA:

A Turquia é um país muito seguro e registra baixos índices de violência inclusive nos grandes centros. Em todo caso, o viajante deve prevenir-se não carregando consigo grande quantia em dinheiro, mantendo atenção aos celulares, documentos pessoais além de não circular sózinho por lugares escuros, distantes e desertos.

VOLTAGEM ELÉTRICA:

A voltagem elétrica na Turquia é de 220 volts. É aconselhável trazer um adaptador evitando problemas no encaixe de aparelhos elétricos às tomadas.

CARTÕES DE CRÉDITO NA TURQUIA:

Os cartões Visa, Amex e Mastercard são amplamente aceitos.

GRATIFICAÇÕES:

As gratificações (gorjetas) são aceitas com alegria e sem nenhum constrangimento pelos prestadores de serviços ( motoristas, guias, atendendes etc…). Fica a critério do viajante estabelecer valores que variam de 10% à 15%.

CLIMA E ESTAÇÕES DO ANO NA TURQUIA:

Primavera – Março, Abril, Maio;

Verão – Junho, Julho, Agosto;

Outono – Setembro, Outubro, Novembro;

Inverno – Dezembro, Janeiro, Fevereiro.

Atualmente em Göreme! Duas grandes sugestões.

  1. TRAZER SAPATOS DE CAMINHADA! EU usei meus tênis de trilha em 3 dias aqui. Muitas caminhadas e escaladas bacana caso você goste deste tipo de atividade.

Segundo. VOCÊ DEVE CAVALGAR NA CAPADÓCIA! Os passeios de quadriciclo / quatro rodas não levam você aos vales. Os cavalos levam você aonde você só pode chegar a pé. E acredite em mim quando digo, são longas caminhadas difíceis. Nós fomos com GUIA NA TURQUIA e amamos cada segundo !!!!!!!!!
Os cavalos foram maravilhosos e muito bem cuidados. O cenário era de tirar o fôlego e aprendemos muito sobre a área.

LUCY, DE SÃO PAULO

 

Comment
Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat
Olá!
Bem-vindo(a) em nosso site!
Por favor me passe mais detalhes sobre seu plano!
Se você tem interesse em algum pacote publicado em nossa página, por favor passe para nós qual você mesmo.
Sendo assim, iremos atender você com o jeito mais prático e correto!