fbpx
Hit Enter to search or Esc key to close
booked.net
Blog thumbnail

Sítios que você deve visitar e experiências na Capadócia

Sítios que você deve visitar e experiências na Capadócia

Blog thumbnail

Sítios que você deve visitar na Capadócia

Com tantos sítios fantásticos para visitar na Capadócia, você terá a oportunidade de viver boas experiências ao explorar as suas maravilhas escondidas. Confira nossa lista com o “crème de la crème” das atrações da “terra das fadas”:

Somos especialistas em tudo o que diz respeito à região da Capadócia. Além disso, oferecemos excursões econômicas e passeios privadas, feitas à medida, nos locais mencionados abaixo.

Caso tenha alguma questão acerca de sua viagem, por favor, não hesite em contatar-nos.

Museu ao Ar Livre de Goreme: Igrejas esculpidas em rochas com frescos;
Museu ao Ar Livre de Zelve: Uma cidade abandonada esculpida em rochas e que abriga igrejas;
Cidade subterrânea de Kaymakli: A mais famosa cidade subterrânea da Capadócia:
Cidade subterrânea de Derinkuyu: Conhecida por ser a mais profunda cidade subterrânea da região;
Vale de Ilhara: O maior desfiladeiro da Anatólia;
Uchisar e Ortahisar: Castelos Romanos esculpidos em rochas;
Avanos: Centro de olaria desde o tempo dos Hititas;
Pasabag: local que abriga chaminés de fadas em forma de cogumelo;
Devrent: Chaminés de fadas com forma de animais (também conhecido como vale da imaginação);
Hacibektas: Centro da seita islâmica Bektasi;
Gulsehir: Os primeiros povoados na Capadócia;
Igrejas-caverna esquecidas: Igrejas localizadas nos vales;
Caravanserais: Hotéis e Hans do século XIII, período da antiga rota da seda;

A Capadócia é uma região com maravilhosa e com diversos fenômenos para os viajantes de todas as idades, interesses e estilos de viajar.

Caso queira fazer excursões pelas fantásticas igrejas esculpidas na rocha, deslizar sobre ravinas ornamentadas em balões de ar quente, explorar misteriosas cidades subterrâneas ancestrais, maravilhar-se com paisagens de cortar o fôlego, montar e passear a cavalo através de vales espetaculares ou qualquer das outras atividades e ofertas deste incrível mosaico – convidamo-lo a desfrutar e explorar a nossa Capadócia!

Cerimônia dos Dervixes rodopiantes

As cerimónias dos Dervixes rodopiantes começam às 21h no Inverno e às 21:30h no Verão, e ocorrem todas as noites.
Aproximadamente, os eventos duram uma hora, e, no final, oferecemos “Serbet” – uma bebida religiosa. A Turkish Heritage Travel vai buscá-lo em seu hotel em Goreme ou outras cidades da Capadócia meia hora antes, o que lhe dará tempo suficiente para ver o caravançarai antes da cerimónia.
O preço da cerimônia é €35 (euros) por pessoa, incluindo transporte. Envie-nos um e-mail para reservar a famosa comemoração dos Dervixes Rodopiantes.

História e informação sobre a cerimônia dos dervixes rodopiantes

A Sema (cerimônia dos Dervixes Rodopiantes) surgiu da inspiração de Mevlana Celaleddin-I Rumi (1207-1273) e faz parte da cultura, crença e história turcas em Konya. Simboliza os diferentes significados de um ciclo místico de perfeição (Ascension – Mirac).

A ciência contemporânea confirma que a condição fundamental da nossa existência é girar. Não há objeto ou ser que não gire. Tudo rodopia e o homem, um dervixe rodopiante, leva a sua vida, a sua existência através da revolução dos átomos, elementos estruturais do seu corpo, da circulação do sangue, por vir da terra e a ela voltar, por girar com a própria Terra.

A cerimônia Sema (Dervixes Rodopiantes) representa a viagem mística de ascensão espiritual do homem através do amor, encontrando a verdade e alcançando a “Perfeição”. Regressa destas viagens espirituais como um homem que alcançou a maturidade e a perfeição maior, de maneira a amar e estar ao serviço de toda a criação, de todas as criaturas, sem discriminar crenças, classes ou raças.

O dervixe nasceu espiritualmente para a verdade, com o seu chapéu (a lápide do seu ego) e a sua saia branca (a mortalha do seu ego). Quando tira o seu manto negro, viaja e avança em direção à maturidade espiritual através dos vários estágios da Sema. Mantendo sempre os braços em forma de cruz representa o número um e testemunha a unidade de Deus.

Rodopia da direita para a esquerda, em torno do coração e enquanto gira os seus braços estão abertos, a sua mão direita voltada para o céu preparada para receber a beneficência de Deus e a sua mão esquerda voltada para a terra para dar o que recebeu aos pobres.

Esta é a sua maneira de transmitir o dom espiritual de Deus às pessoas, para as quais Deus “olha com vigilância divina”. Girando em torno do coração, da direita para a esquerda, o homem abraça toda a humanidade, toda a criação com afeto e amor.

Caravançarais e Saruhan (sarihan)

As cerimônias dos Dervixes Rodopiantes são executadas no Caravançarai Sarihan todas as noites, mas o que é um caravançarai?

O comércio na Turquia nos tempos medievais Seljuk dependia das caravanas de camelos (kervan, traduzido para caravana), que paravam durante a noite em pousadas conhecidas como kervansaray (caravançarai), literalmente palácios-caravana. Estes edifícios davam alojamento e outras comodidades aos mercadores e estábulos aos animais.

Durante o reinado dos sultões Seljuk da Anatólia, Kilicarslan II (1155-1192) e Alaaddin Keykubat I (1220-1237), foi construído um grande número de kervansarays e as medidas de segurança foram aumentadas ao longo da rota da seda e outras rotas de comércio. O estado não só construiu os kervansarays como também compensou os mercadores que eram atacados ou roubados, providenciando assim uma espécie de sistema de seguros.

Como resultado, tanto o comércio nacional como o internacional cresceram. Os mercadores estrangeiros que vieram para a Anatólia gozaram de direitos extensos e reduções nas taxas alfandegárias.

Todos os mercadores de qualquer nacionalidade recebiam comida e bebida gratuitas para três dias. Os seus sapatos eram reparados e davam-se sapatos novos aos pobres. Disponibilizava-se tratamento para os doentes e os animais eram tratados e ferrados, se necessário. Cada kervansaray dispunha de um médico, imã (padre), estalajadeiro, supervisor de provisões, veterinário cirurgião, ferreiro e cozinheiro para prestar estes serviços.

Os caravançarais da Capadócia foram construídos com rocha vulcânica e as suas paredes eram grossas e altas para que estivessem seguros dos ataques dos ladrões. A decoração concentrava-se nos imponentes portais que apresentam belos exemplos da escultura na pedra Seljuk.

As portas eram feitas de ferro para afugentar os intrusos. Sarihan, situado a 15 km de Goreme, a este de Avanos, encontra-se nas margens do riacho Damsa.

Está voltado para oeste e consiste numa zona interior com cinco naves e um pátio.

Considera-se que Sarihan foi construído em 1249. Tinha um banho turco e um mesjid sobre a portaria e a sua área externa (excluindo as torres e o portal) é de 2000 m2. Depois do processo de restauração, representa o melhor exemplo dos caravançarais da Anatólia. Por favor visite a nossa página Caravançarais para mais informação.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá!
Bem-vindo(a) em nosso site!
Por favor me passe mais detalhes sobre seu plano!
Se você tem interesse em algum pacote publicado em nossa página, por favor passe para nós qual você mesmo.
Sendo assim, iremos atender você com o jeito mais prático e correto!